Museu do Estado de Pernambuco

Pernambuco, Território e Patrimônio do povo


 Com curadoria dos antropólogos Raul Lody e Renato Athiasum, além de Margot Monteiro, arquiteta e gestora do MEPE, e Reinaldo Carvalho, design, artista plástico e responsável pela expografia, a mostra é uma verdadeira viagem no tempo, que apresenta a  história de Pernambuco, desde os primórdios, passando pela arqueologia, os povos tradicionais, a vinda dos Europeus em busca do Pau-Brasil, o ciclo do açúcar e a cultura-afro, finalizando com o Patrimônio Cultural de todas as influências étnicos-culturais.

Para chegar ao resultado final da mostra, foram dois anos de pesquisa com uma equipe de profissionais de museologia e historiadores, que incluiu restaurações de peças, como a coleção Afro, quadros e mobiliários. Os restauros foram feitos na oficina de restauração do MEPE, por meio da Escola de Mestres Artífices. A iniciativa, que funciona no porão do Museu e que capacita estudantes das mais diferentes áreas no ofício de restauração de mobiliário, é patrocinada pelo Santander.

A escolha do título da exposição está em sintonia com a história de Pernambuco, que ultrapassa as fronteiras territoriais, com forte relação não apenas com o Brasil, mas com diferentes países. Historicamente, Recife chegou a ser a região mais cosmopolita das Américas, e fora este fato, é um território que foi povoado por diferentes culturas, desde as primitivas até as mais civilizadas.

Pernambuco Território e Patrimônio de um Povo destaca diferentes aspectos, que vão desde os elementos ambientais, sociais, econômicos, históricos e culturais. Nesta pluralidade, a mostra atende os mais diversos públicos, da criança ao adulto, do leigo ao acadêmico, do turista ao próprio pernambucano.

Fonte: http://www.cultura.pe.gov.br