Museu do Estado de Pernambuco

Dr. Aloisio Profissão Palhaço ou e Arrocha a Negrada


 

Através da literatura dramática, apresenta o texto para teatro Dr. Aluísio – profissão palhaço, escrito em coautoria com o dramaturgo baiano Romualdo Lisboa. Através da peça, resgata a fantástica história do seu tio Aluízio, pobre, negro e que cansado de ser humilhado, abandona o emprego de bancário para virar palhaço de circo, na esperança de aplacar a tristeza do mundo. O livro/catálogo e a exposição, que reúne 70 quadros inéditos relacionados ao tio e ao seu lúdico universo circense, ganham noite de lançamento/abertura na próxima quinta-feira (1º), às 19h, no MEPE. 

Com curadoria de João Câmara, o livro/catálogo reúne textos assinados por Raul Henry, Ariano Suassuna, João Câmara, Romualdo Lisboa, Weidson de Barros, Marcos Vinícius Vilaça, do próprio José de Moura e poemas Maria de Lourdes Hortas e Jaci Bezerra. Além de relacionar os quadros que compõem a exposição individual, a publicação traz ainda obras especialmente criadas por outros grandes nomes das artes plásticas, como Pragana, Maurício Arraes, Pedro Dias, Gil Vicente, João Câmara, entre outros.